Cineclubes

 

“Terra Deu, Terra Come”  inova com lançamento simultâneo em cinema comercial e circuito cineclubista.

Vencedor do 15º festival internacional de documentários É Tudo Verdade, “Terra Deu, Terra Come”, dirigido por Rodrigo Siqueira, estreou no circuito de cinemas brasileiro no dia 1º de outubro de 2010. Considerado pelos críticos como um documentário de linguagem inovadora, “Terra Deu, Terra Come” inovou também em sua estratégia de lançamento, entrando em cartaz simultaneamente nos cinemas e no circuito cineclubista.

Em parceira com a distribuidora VideoFilmes e com o Programa Cine Mais Cultura, do governo federal, a produtora 7Estrelo viabilizou o envio de kits do filme a 821 pontos de exibição digital em todos os 27 estados do Brasil, alcançando o público em periferias das capitais, no interior dos estados e principalmente em cidades que não possuíam salas de exibição comercial. Os kits continham DVD, cartaz e material de divulgação para a realização de exibições nos meses de outubro e novembro de 2010.

Os cineclubes foram convidados a participar do lançamento nacional do filme, entre 1º de outubro e 25 de novembro de 2010. Dos 821 cineclubes convidados, 165 destes exibidores aderiram à proposta, e participaram oficialmente do lançamento em rede. A partir de relatórios disponibilizados aqui no site, os coordenadores dos cineclubes informaram à 7Estrelo um total de 249 sessões realizadas e 11.727 espectadores contabilizados, traçando também o perfil do público e detalhes das sessões e debates por eles organizadas. A estes números do circuito cineclubista somam-se 2.389 espectadores que viram o filme no circuito de cinemas comerciais entre outubro e dezembro de 2010, o que eleva o público do filme a 14.116 espectadores durante o período de seu lançamento.

 

Nota de agradecimento do diretor

Caros cineclubistas,

gostaria de agradecer a todos que de alguma forma contribuíram para o  lançamento do filme Terra Deu, Terra Come no circuito de cineclubes.

Desde o começo do projeto tinha em mente que exibir no circuito  cineclubista seria fundamental para que o Terra Deu, Terra Come  chegasse a quem devia chegar, que é o público brasileiro. Público  este que nem sempre tem acesso aos lançamentos nacionais de cinema.

Também fico extremamente feliz porque o filme foi visto e debatido em tantos lugares, e tantas pessoas puderam se apropriar  e compartilhar das histórias de Terra Deu, Terra Come. Os relatórios que recebemos nos mostraram o quanto é importante que os  diferentes Brasis se encontrem. E o cinema, como sabemos, é um agente  fundamental para propiciar estes encontros.

Aproveito para agradecer ao Ministério da Cultura e ao Cine Mais  Cultura, que foram parceiros todo o tempo, que nos apoiaram e  contribuíram para que o filme pudesse chegar aos cineclubes.  Agradeço também à distribuidora VideoFilmes, que nos apoiou nesta  estratégia de distribuição simultânea nos circuito comercial e cineclubista.

Por fim, tenho a satisfação de compartilhar com vocês o relatório  detalhado desta experiência.

Rodrigo Siqueira

Conheça todos os detalhes do lançamento do filme baixando aqui o relatório final sobre a parceria dos cineclubes com a 7Estrelo, o Cine Mais Cultura e a VideoFilmes.